Gelado de Pêssego e Iogurte
Gelado de Pêssego e Iogurte

Gelado de Pêssego e Iogurte

0 comentários
< Voltar ao blog

Gelado de Pêssego e Iogurte

4 doses

10 min

Com a primavera a todo o vapor e o verão quase à porta, é altura de aproveitar ao máximo o sabor e a frescura dos pêssegos. Esta fruta, que está no seu auge entre maio e agosto, oferece uma explosão de doçura e suculência que é simplesmente irresistível nesta época do ano. Para tornar as estações quentes ainda mais especiais, apresentamos a nossa receita de gelado de pêssego e iogurte.

Uma combinação perfeita entre o sabor da fruta e a cremosidade do iogurte com benefícios para a tua saúde. Os pêssegos são ricos em nutrientes essenciais¹ e o iogurte é uma ótima fonte de cálcio². Sabe como fazer gelado em casa e prepara-te para surpreender nas próximas refeições em família e com os amigos!

Benefícios do pêssego

  • Baixo teor de açúcar: Isto é ótimo para quem está a controlar a ingestão de açúcar, especialmente para pessoas com diabetes ou que desejam manter um peso saudável3;
  • Fonte importante de betacaroteno: Esta substância é convertida em vitamina A pelo corpo, essencial para a saúde da visão, pele e imunidade1;
  • Contém as vitaminas E e C: Estas vitaminas são poderosos antioxidantes que ajudam a combater os danos causados pelos radicais livres, além de contribuírem para a saúde da pele, sistema imunitário e outros processos do corpo1;
  • Rico em fibra: A fibra insolúvel nas frutas, principalmente na casca, ajuda a regular o intestino e evita a obstipação. Comer esta fibra também ajuda a controlar o açúcar no sangue3;
  • Fonte de potássio: é importante para equilibrar a água e outras substâncias no corpo. Também ajuda ao bom funcionamento do sistema nervoso e muscular4;
  • Diurético: O efeito diurético do pêssego pode ajudar a eliminar o excesso de líquidos do corpo, contribuindo para a saúde renal e auxiliando na redução da retenção de líquidos3;
  • Favorece a digestão: Além da fibra, o pêssego contém enzimas naturais que podem ajudar a promover a digestão, aliviando sintomas como inchaço e desconforto abdominal3.

Benefícios do iogurte

  • Fonte de proteína: O iogurte fornece proteínas de alto valor biológico, contendo todos os aminoácidos essenciais necessários para o funcionamento do corpo2.
  • Rico em vitaminas e minerais: O iogurte é uma fonte rica em vitaminas e minerais, destacando-se as vitaminas A, D e do complexo B (principalmente B1 e B2), cálcio, fósforo, zinco e iodo, essenciais para a formação óssea, crescimento e manutenção das funções fisiológicas e imunidade2.
  • Conteúdo variável de gordura: O teor de gordura no iogurte varia conforme o tipo de leite utilizado, seja magro, meio gordo ou gordo. A quantidade de vitamina A, uma vitamina lipossolúvel, também varia de acordo com o teor de gordura presente2.
  • Lactose parcialmente degradada: os iogurtes e leites fermentados contêm culturas vivas que ajudam na digestão da lactose, tornando-os mais toleráveis por indivíduos com intolerância2. Contudo, para indivíduos com uma intolerância mais acentuada é mesmo necessário escolher iogurte sem lactose, para evitar desconforto gastrointestinal.

Com água na boca? Então, prepara-te para esta incrível receita de gelado de pêssego e iogurte. Simples, saudável e, acredita, deliciosa. Vais saborear cada momento desta aventura sobre como fazer gelado.

Receita fácil de gelado de pêssego e iogurte

Ingredientes

- 300 g de pêssegos maduros

- 250 g de iogurte grego magro natural ou iogurte vegetal sem adição de açúcares

- 1-2 colheres (sopa) de xarope de agave ou mel de alta qualidade (opcional, dependendo da doçura dos pêssegos)

- 1 colher (sopa) de sumo de limão

- 1 colher (chá) de extrato de baunilha

Preparação

  1. Lava bem os pêssegos e retira os caroços. Não é necessário descascá-los.
  2. Corta os pêssegos em pedaços e coloca-os num processador de alimentos ou liquidificador.
  3. Adiciona o iogurte grego natural ou o iogurte vegetal.
  4. Se necessário, acrescenta o xarope de agave ou o mel para lhe dar um toque mais adocicado, dependendo da doçura dos pêssegos.
  5. Adiciona o sumo de limão e o extrato de baunilha.
  6. Mistura bem todos os ingredientes até obteres uma mistura homogénea.
  7. Transfere a mistura para moldes de gelados ou para uma forma metálica.
  8. Coloca o gelado de pêssego e iogurte no congelador e deixa-o repousar durante, pelo menos, 4 horas ou até ficar firme.
  9. Antes de servires, retira-o do congelador e deixa-o à temperatura ambiente durante alguns minutos para amolecer ligeiramente.
  10. Para lhe dar um toque extra de frescura, finaliza adicionando uma folha de hortelã ao servir.

Doses: Esta receita de gelado de pêssego e iogurte dá para aproximadamente 4 a 6 porções, variando conforme o tamanho dos moldes e a quantidade desejada por cada pessoa.

Tempo de preparação: 10 minutos | Tempo de congelação: 4 horas

Agora que conheces os incríveis benefícios dos pêssegos e do iogurte, por que não experimentar outra receita de gelado saudável e deliciosa? Se gostaste deste gelado de pêssego e iogurte, descobre mais sabores e dicas de saúde no blog da Bioself.

Inspira-te agora! Não te esqueças de subscrever a nossa newsletter para receberes todas as novidades diretamente no teu email. Cuida de ti e lembra-te sempre: Bioself!

Referências:

¹Associação Portuguesa de Nutrição. Colher Saber. E-book n.º 61. Porto: Associação Portuguesa de Nutrição; 2021 EBook_ColherSaber_2ed.pdf (apn.org.pt)

²Associação Portuguesa de Nutrição. Iogurtes e Leites Fermentados no Ciclo da Vida. E-book n.º 60. Porto: Associação Portuguesa de Nutrição; 2021 EBOOK_Iogurtes_LeitesFermentados_Ciclo_Vida.pdf (apn.org.pt)

³ 3. Fruta e legumes da época: calendário anual | DECO PROteste

4 Potássio • PNPAS (dgs.pt)

Aviso legal:
Este artigo não tem a intenção de diagnosticar, tratar ou substituir aconselhamento médico sendo o seu conteúdo apenas para fins informativos. Consulta um médico ou profissional de saúde sobre qualquer diagnóstico médico relacionado com a tua saúde ou mesmo eventuais opções de tratamento. As afirmações feitas sobre produtos específicos neste artigo não são aprovadas para diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.