a nutrição e suplementação no detox
a nutrição e suplementação no detox

Detox: o papel da nutrição e da suplementação

0 comentários
< Voltar ao blog

Detox: o papel da nutrição e da suplementação

A desintoxicação metabólica e a biotransformação são funções fisiológicas que acontecem diariamente para que o nosso corpo se possa livrar das toxinas. É um processo dividido em três etapas: na fase I (ativação), as enzimas no fígado transformam as toxinas em moléculas de radicais livres; na fase II (conjugação), os antioxidantes internos ou externos neutralizam essas substâncias; e, na fase III (eliminação), dá-se a excreção desses compostos através da urina, fezes e suor.1

A maior parte destas reações de desintoxicação acontecem no fígado, no trato gastrointestinal, nos rins, pulmões, vasos linfáticos e na pele.1 Como o intestino e o fígado têm uma relação recíproca, o processo de detox também depende muito da microbiota intestinal.3

De onde vêm, então, estas toxinas? A verdade é que estamos constantemente expostos a substâncias tóxicas – algumas produzidas naturalmente pelo nosso corpo, durante os processos metabólicos, e outras de origem externa. Estas toxinas externas estão normalmente associadas a tóxicos ambientais (como pesticidas e herbicidas), aditivos alimentares, medicamentos, materiais de construção, produtos de limpeza e cosméticos. Depois, a presença de toxinas no corpo de cada pessoa dependerá de três fatores:

  • o grau de exposição às toxinas
  • as diferenças genéticas, que ditam a capacidade do corpo para produzir as enzimas que regulam a desintoxicação
  • o padrão alimentar de cada um, que pode estimular ou dificultar a eliminação das toxinas

Quando a desintoxicação é ineficaz – devido a fatores genéticos, à sobrecarga ambiental ou a deficiências nutricionais – pode conduzir a doenças crónicas, incluindo cancro, asma, obesidade, doenças cardiovasculares, diabetes e condições neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer.2 Como diz Judith Stern, da Unidade da Califórnia em Davis, “a genética carrega a arma, mas o ambiente puxa o gatilho”3.

Alimentação vs desintoxicação

Os hábitos alimentares e a saúde nutricional podem ter um efeito profundo na capacidade do teu corpo para absorver, processar e eliminar toxinas potencialmente perigosas.1 Isto só reforça a importância da nutrição para o detox metabólico!

 Vários estudos têm demonstrado como o consumo de alimentos de origem vegetal contribui para a regulação do metabolismo e limpeza de toxinas. Os alimentos integrais, pela sua textura e composição, também têm um efeito direto na absorção e disponibilidade molecular do trato gastrointestinal. Além disso, claro, a escolha dos alimentos afeta a disponibilidade de nutrientes essenciais, como aminoácidos ou vitaminas, que desempenham um papel vital nas reações de desintoxicação de fase I e II.1 

Então, como desintoxicar o fígado rapidamente? Para potenciar o detox, aposta num padrão alimentar que ofereça um suporte nutricional de longo prazo aos principais sistemas envolvidos na desintoxicação, como o sistema digestivo e o fígado.

Práticas recomendadas para implementares no dia-a-dia 

  • Bebe água suficiente (aproximadamente 35ml de água por kg de peso corporal).
  • Inclui fibra na tua alimentação (pelo menos 35 gramas diários) para manter o sistema digestivo a funcionar eficientemente. 
  • Garante um consumo apropriado de proteína todos os dias
  • Opta por alimentos orgânicos sempre que possível.
  • Reduz a exposição a toxinas (como pesticidas, plásticos, conservantes, corantes).
  • Lava bem, ou descasca, as frutas e vegetais.
  • Privilegia o consumo de antioxidantes, como frutas, vegetais crucíferos (brócolos, couve de Bruxelas, couve-flor, agrião e repolho), ervas aromáticas e especiarias. Se necessário, considera os suplementos alimentares.

Referências:

  1. Panda, C., et al., Guided Metabolic Detoxification Program Supports Phase II Detoxification Enzymes and Antioxidant Balance in Healthy Participants. Nutrients, 2023. 15(9).
  2. Aronica, L., et al., Genetic Biomarkers of Metabolic Detoxification for Personalized Lifestyle Medicine. Nutrients, 2022. 14(4).
  3. Strand, J., Distinctive Detoxification: The Case for Including the Microbiome in Detox Strategy. Integr Med (Encinitas), 2022. 21(4): p. 26-30.

Aviso legal:
Este artigo não tem a intenção de diagnosticar, tratar ou substituir aconselhamento médico sendo o seu conteúdo apenas para fins informativos. Consulta um médico ou profissional de saúde sobre qualquer diagnóstico médico relacionado com a tua saúde ou mesmo eventuais opções de tratamento. As afirmações feitas sobre produtos específicos neste artigo não são aprovadas para diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças.

Sugestões Bioself

35% Farmodiética Juventus NAC 600mg 60 Cápsulas
Farmodiética Juventus NAC 600mg 60 Cápsulas
€12,53 €19,27
25% Dietmed Cynasine Detox 30 ampolas
Dietmed Cynasine Detox 30 ampolas
€29,82 €39,76
15% Solgar Advanced Antioxidant Formula 60 Cápsulas
Solgar Advanced Antioxidant Formula 60 Cápsulas
€26,33 €30,98
35% Farmodiética Enolin 40 Ampolas
Farmodiética Enolin 40 Ampolas
€32,43 €49,90
20% Now Liver Refresh 90 Cápsulas
Now Liver Refresh 90 Cápsulas
€33,05 €41,31
30% Bioceutica Hepaceutic 10 Ampolas
Bioceutica Hepaceutic 10 Ampolas
€15,64 €22,35

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.