CYNASINE DEPUR PLUS 30 AMPOLAS

MARCA: Dietmed
Preço promocional€35,53

30 ampolas de 15 ml

  • Protege o fígado
  • Promove a desintoxicação hepática
  • Tem ação depurativa
  • antiviral
  • antioxidante e anti-inflamatória

Descrição

FAÇA UMA LIMPEZA COM CYNASINE

Cynasine Depur Plus contém Desmodium, Alcachofra, Brassicare™ e Colina, que contribui para o normal metabolismo dos lípidos e para a manutenção de uma função hepática normal.

Vários estudos clínicos demonstram o interesse do Desmodium na proteção hepática graças à sua ação contra os radicais livres que provocam danos no tecido do fígado. A sua atividade antioxidante, anti-inflamatória e antiviral protege o fígado contra as agressões das toxinas.

Contém também Vitamina C que contribui para o normal metabolismo energético, para a proteção das células contra as oxidações indesejáveis, para a redução do cansaço e da fadiga e normal funcionamento do sistema imunitário.

A sobrecarga hepática pode ter origem em fatores como a má alimentação, maus hábitos de saúde ou a toma de medicamentos. Um fígado sobrecarregado é incapaz de atuar com a rapidez necessária e, consequentemente, é incapaz de desempenhar as suas funções vitais. Os efeitos sentem-se rapidamente, sendo os mais frequentes: dificuldades de digestão, tonturas, dores de cabeça, enjoos e vómitos, perda de apetite, astenia.

INFORMAÇÃO DO PRODUTO

Modo de utilização

1 ampola ao dia, de preferência antes do pequeno-almoço. Pode ser diluída em água ou sumo de frutas. Alternativamente, a ampola poderá ser diluída num litro e meio de água que se vai bebendo durante o dia.

Composição Nutricional

Cardo Mariano 1000 mg,
Desmodium 500 mg,
Dente de Leão 250 mg,
BrassicareTM 200 mg (Brócolos, contendo pelo menos 3,2 mg de glucorafanina),
Alcachofra (contendo pelo menos 5% de cinarina) 125 mg,
Colina 100 mg e Vitamina C 80 mg (100% VRN*).

* Valor de Referência do Nutriente.

Advertências

Não utilizar em caso de gravidez. Devido à presença de Alcachofra não deve ser tomado durante o aleitamento, pois os constituintes amargos daquela planta alteram o sabor do leite materno. Não é recomendado em casos de obstrução das vias biliares, em doentes com gastrite, duodenite, úlcera péptica, síndrome do cólon irritável, doenças inflamatórias intestinais e doenças neurológicas acompanhadas de tremores ou convulsões. Em caso de cálculos utilizar o suplemento alimentar só após o aconselhamento com um técnico de saúde. Devido ao conteúdo de substância amargas, proveniente do Taráxaco, pode causar hiperacidez e azia em pessoas sensíveis. Podem ocorrer interacções com terapêutica antiagregante plaquetária. Poderá ocorrer casos de hipersensibilidade individual aos componentes do ginkgo (dermatites, cefaleias, problemas gastrointestinais leves) e, manifestações alérgicas provocadas pela alcachofra. Não é recomendável o uso em crianças com idade inferior a seis anos.

Também poderá gostar